Postado por Redação Créditopara.Vc, 5 de fevereiro de 2021 - 07:00.

Cada país tem a sua moeda para efetuar as inúmeras transações financeiras existentes, desde uma simples compra de um bem ou serviço, ou em grandes investimentos. As mais conhecidas e cotadas são o dólar e o euro, porém, há alguns anos, surgiu uma novidade: o Bitcoin.

Mas, o que é Bitcoin?

É uma criptomoeda, ou moeda digital, utilizada como meio de troca através da Internet. Ela surgiu em 2009, porém ninguém sabe quem, realmente, a criou. Há especulações em torno de Satoshi Nakamoto, por causa de um artigo publicado por ele em 2008, mas nunca houve qualquer confirmação sobre sua origem ou sobre quem ou que grupo é responsável por ela.

Essa moeda já mobilizou lucros exorbitantes desde seu lançamento. Hoje, no entanto, o Bitcoin valoriza e desvaloriza de acordo com as oscilações de mercado. Em 2017, chegou a valer US$ 20 mil, mas sofreu diversas variações no ano passado, ficando entre US$ 5 mil e US$ 10 mil. Por esta razão, quem investe precisa estar atento para a hora certa de comprar ou vender seus Bitcoins a fim de obter lucros.

Como funciona essa criptomoeda?

A falta de necessidade do uso de intermediários em suas transações (como bancos ou instituições financeiras) possibilita que o Bitcoin seja guardado em uma carteira virtual, onde seu usuário permanece anônimo e as movimentações não deixam rastros, sendo protegidas por criptografia. O sistema blockchain registra tudo de forma pública, mas quem efetua as transações não aparece.

Como comprar a Bitcoin?

Existem algumas formas de adquirir a criptomoeda, porém, nem todas são simples.

Baixe o APP do BTG Digital.

Quem deseja participar da rede de usuários da moeda digital, deve passar por um processo que se chama “mineração”. O interessado compete com outros uma série de desafios matemáticos e, com isto, conquista o acesso a blocos da Bitcoin. Porém, existe a necessidade de possuir um computador específico e que foi produzido para esse tipo de transação, o qual precisa estar conectado à rede criada para esse fim.

As formas mais fáceis de ter acesso à Bitcoin é comprando, em corretoras que trabalham com essas moedas digitais, ou recebendo-as como pagamento de algum negócio realizado por você de forma online.

Lembre-se, porém, de que as oscilações podem causar prejuízos nesse tipo de transação. Então, fique atento quando quiser negociar suas moedas digitais.

Boa sorte e bons investimentos!