Postado por Ignez Scotti, 27 de março de 2021 - 09:00.

Nos últimos meses, fomos bombardeados pelos bancos oferecendo um serviço de transferência que substitui a TED e DOC, com uma grande vantagem: sem cobrança de taxas. 

Pix foi lançado no segundo semestre de 2020 e vem conquistando os brasileiros como forma mais econômica, rápida e segura de fazer um pagamento ou transferência.  

A transferência pode ser feita por pessoas físicas e jurídicas que possuem uma conta corrente, conta poupança ou uma conta de pagamento pré-paga em uma das 734 instituições aprovadas pelo Banco Central. 

Com o Pix, não precisa esperar um dia útil para receber um pagamento ou transferência, o valor entra na conta destinada em poucos segundos. 

 

Como fazer minha transferência ou pagamento? 

O Banco Central facilitou muito a troca entre pagamentos. Se antes a gente precisava de diversos dados como agência, conta, CPF e outrainformações para fazer uma transferência, hoje, com o Pix, é necessário apenas informar a CHAVE cadastrada pelo usuário no banco onde possui conta.  

Quer saber se o seu banco já oferece essa tecnologia? Basta acessar este documento do Banco Central e verificar. Você também pode acessar o seu banco pelo smartphone ou computador e procurar essa funcionalidade. O cadastro é simples e intuitivo na maioria das plataformas.