Postado por Redação Créditopara.Vc, 14 de janeiro de 2021 - 17:15.

Investir em Fundos Imobiliários (FIIs) tornou-se uma opção interessante devido à forte valorização dos imóveis nos últimos anos.

Dois dos principais atrativos dos Fundos Imobiliários são:

A exposição imobiliária diversificada, que reduz significativamente a taxa de desocupação do imóvel e a deterioração imobiliária;

A questão tributária, já que esse investimento é isento de IR nos dividendos recebidos.

No entanto, é importante estar atento também às desvantagens: a falta de liquidez e as oscilações do mercado que podem afetar as cotas do fundo e fazer com que o empreendimento perca seu valor. Mas como investir em fundo imobiliário?

É possível negociar cotas destes fundos que investem em empreendimentos imobiliários, como hotéis, shoppings, edifícios comerciais, entre outros. Eles possuem baixo custo e são uma boa opção para você diversificar os seus investimentos.

Veja abaixo como é simples investir em um FIIS:

  1. Abra conta em um banco ou corretora de sua preferência

As cotas dos Fundos Imobiliários são negociadas na Bolsa de Valores, sendo assim, você precisará de um banco ou corretora para realizar esse tipo de investimento. Para começar, baixe gratuitamente o app do BTG Digital!

2. Escolha o Fundo Imobiliário de acordo com o seu objetivo e perfil de investidor

Faça uma simulação entre diferentes Fundos Imobiliários e analise atentamente o histórico de rentabilidade de cada um deles. Ele deve ser superior ao rendimento da poupança e demais investimentos de renda fixa.

3. Faça uma TED para transferir dinheiro para o fundo

Faça uma TED para sua conta na instituição financeira que abriga o fundo e transfira o valor que você deseja investir. Você também pode programar aplicações para transferir dinheiro mensalmente para sua conta de investimentos.

4. Envie a ordem para a corretora ou banco

Nessa etapa, você deve acessar o home broker da corretora ou app de investimentos do seu banco para comprar o Fundo Imobiliário desejado.

Basta digitar o código do fundo, a quantidade de cotas e o preço que pretende pagar por cada uma delas.

Pronto! Agora você já é um investidor.

Vale lembrar que é muito importante que você tenha uma reserva financeira de emergência além do seu investimento, pois o dinheiro aplicado no Fundo Imobiliário deve permanecer investido até a data estipulada para o resgate, previsto no momento da compra do fundo.

Quais taxas são cobradas em investimentos de Fundos Imobiliários

Assim como em qualquer outro investimento, também são cobradas taxas em Fundos Imobiliários.

  • Taxa de administração – cobrada pelo gestor do fundo, geralmente entre 1% e 3%.
  • Taxa de performance – percentual cobrado quando o gestor bate a meta de performance do fundo.
  • Taxa de corretagem – valor cobrado pela negociação dos fundos ou pela fração deles.
  • Imposto de Renda e IOF – os Fundos Imobiliários, ao contrário de outros investimentos, são isentos da cobrança de IR e IOF.

Em resumo, saber como investir em Fundos Imobiliários é uma opção para quem busca investir no setor de imóveis de um jeito mais fácil, seguro e com baixo valor mínimo inicial do que adquirir um imóvel.

Com esse fundo, você poderá obter lucros com as valorizações das cotas e também com o recebimento dos aluguéis.