Postado por Ignez Scotti, 15 de abril de 2021 - 08:56.

Guardar dinheiro, nos dias de hoje, parece uma Utopia, mas, se você usar as ferramentas corretas e aprender a controlar suas finanças, irá perceber que é bem possível. O Brasil e o mundo estão vivendo uma enorme crise econômica causada pela pandemia e paralisação das atividades empresariais e comerciais. Porém, é também o momento apropriado para se pensar em estratégias que nos auxiliem a criar uma reserva financeira para o futuro ou mesmo para emergências. 

Neste artigo, apresentaremos alguns aplicativos que foram criados com esse propósito, o de ajudar você a controlar seus gastos e a poupar uma graninha no final do mês. 

 

Aplicativos para juntar dinheiro 

Atualmente, as operações financeiras, como, por exemplo, pagamentos e transferências, são feitas em sua grande maioria via Internet. Os bancos tornaram-se virtuais e existem opções diversas disponíveis no mercado. A pessoa não precisa mais sair de casa para resolver as situações que se apresentam no seu dia a dia. Basta pegar o celular ou computador e navegar pela Rede. 

Essa pode ser uma grande vantagem, mas, também, um perigo, pois a tentação de aproveitar as “ofertas” disponíveis na grande imensidão de sites de compras pode minar seu ganho e deixá-lo no vermelho. 

Sendo assim, vamos mostrar uma novidade muito útil: aplicativos para juntar dinheiro. Veja alguns deles: 

  • 52 Semanas – este app tem como objetivo ajudar o usuário a fazer um planejamento anual (52 semanas) para guardar dinheiro. Ele oferece alguns desafios que devem ser ultrapassados e, através deles, você consegue eliminar a ideia fixa de que é impossível poupar. Ao final de um ano (seguindo as etapas propostas), você verá o resultado: uma boa quantia guardada.
  • GuiaBolso – o foco dos criadores do GuiaBolso está no controle de gastos. O aplicativo se conecta diretamente com sua conta bancária e com seus cartões de crédito, mostrando todas as entradas e saídas, o que proporciona que suas finanças sejam monitoradas o tempo todo. Isto facilita na hora de você saber quanto gastou e quanto ainda pode gastar, permitindo que não ultrapasse os limites e ainda guarde algum valor.
  • Juros Fácil – essa plataforma é um pouco diferente das demais. Ela calcula juros, taxas, quantidade e valor de parcelas sobre um financiamento ou empréstimo que você deseje fazer, mostrando se é ou não viável e recomendável. Sendo assim, faz com que você pese na balança os valores calculados e decida se compensa mesmo entrar nessa dívida.
  • Mobills  seguindo um conceito parecido com o GuiaBolso, o Mobills disponibiliza algumas ferramentas que fazem um controle em relação a sua(s) conta(s) bancária(s) e cartões de crédito, além de apontar suas despesas. O objetivo principal é que você visualize suas finanças de modo a saber o que precisa pagar e onde existe a possibilidade de uma economia. Ele também oferece algumas dicas financeiras de acordo com seu perfil.
  • Organizze – o foco dessa plataforma é organizar sua vida financeira, na qual você consegue ver suas despesas diárias e semanais com alimentação, transporte, lazer ou outros gastos habituais. Com isto, é possível analisar em que seu dinheiro está sendo aplicado e cortar os excessos, trazendo economia e, consequentemente, uma forma de juntar dinheiro.

 

Então, gostou? Realmente, é possível ter uma reserva financeira, mesmo que seu salário não seja alto. Basta um bom controle de despesas.